(English Version Below)

O meu nome é Alexandre Seguro e eu sou um estudante português de 17 anos a acabar o secundário. Eu fui-me tornando mais consciente do mundo à minha volta nos anos mais recentes estando preocupado com os seus problemas e esforçando-me por encontrar soluções eficazes e aprender sobre estas. Na busca de tentar fazer sentido da minha realidade, eu comecei a questionar as coisas que tinha previamente aceitado como verdades e apercebi-me que muitas delas eram ilusões que me foram transmitidas pela sociedade em que cresci. Isto fez com que eu procurasse mais profundamente na esperança de encontrar respostas mais significantes e duradouras. Nesta altura comecei a interessar-me mais pela espiritualidade, sustentabilidade e ação social, e, a partir daí tenho-me desenvolvido mais nessas áreas alterando o meu estilo de vida.

Há um mês atrás conheci o Dada Mahaprajinananda (um monge da Ananda Marga) nos IV Encontros Ecossocialistas, em Lisboa, e ele falou-me da Ananda Marga e do PROUT, entregando-me folhetos de ambos.

Devido a, nessa altura, estar ocupado com a escola, só comecei a olhar para os folhetos passadas duas semanas. Mas quando olhei…. Fiquei muito espantado! Senti-me muito feliz a aprender sobre a Ananda Marga, os seus projetos e as raízes filosóficas e espirituais que a suportam. Rapidamente, encontrei o projeto da Master-Unit Ananda Kalyani e fiquei muito impressionado e entusiasmado porque a visão do projeto é a visão que eu já tinha do que o mundo precisa e, na verdade, era isto que eu queria fazer depois do secundário (construir uma comunidade sustentável e autossuficiente que sirva como exemplo e modelo para auxiliar o desenvolvimento da Humanidade). A parte fantástica é: eles estão, de facto, a fazê-lo!

Eles não estão apenas a teorizar sobre a comunidade ideal com a melhor forma de viver, sentados em casa, no computador a ver documentários, como eu estava 🙂

Ainda que seja muito importante teorizar e sonhar, é crucial pôr as ideias em prática, cometer erros, aprender, crescer e continuar a desenvolver o sonho, ajustando-o à realidade, para que este se possa concretizar!

E isto é difícil. Requere imenso esforço ser pioneiro num projeto que está a tentar criar uma maneira de viver diferente (sustentável, igual, conectada, pacífica e abundante). Estás a remar contra a corrente e, no começo, não tens muitas pessoas a ajudar… Mas não te sintas desencorajado! A magia é que, quando estás a fazer algo bom para a Humanidade, que está certo e ancorado na verdade, tu tens muita força. E desde que continues a persistir em mover-te nessa direção com a máxima confiança nas tuas capacidades, é apenas uma questão de tempo até as pessoas conseguirem ver o bem que estás a fazer e decidirem juntar-se a ti. Tens que liderar pelo exemplo. E quando as pessoas se começarem a juntar ao projeto e a dar-lhe força, isso vai acontecer a um ritmo constantemente crescente, tal como a Sequência de Fibonacci, e as coisas começam a manifestar-se mais facilmente, mostrando a abundância que é possível criar ao unir a Humanidade com um objetivo comum: PROSPERAR JUNTOS COMO UM!

Felizmente, as pessoas que estão por trás do projeto são muito dedicadas e dão-se ao máximo a ele em serviço altruísta, tendo uma consciência mais alargada e global, percebendo a importância deste tipo de projetos nu nosso mundo atual. Por isto, eu tenho um tremendo respeito por todos os voluntários a ajudar no projeto!

Eu tive a feliz oportunidade de me juntar a eles por uma semana, durantes estas férias de Natal, e crescer imenso. Eu sabia que ia estar com pessoas simpáticas, a aprender diretamente sobre o projeto e a crescer espiritualmente mas não tinha noção do quão acelerada a rotina é, quão árduo é trabalhar na terra fisicamente (na maioria dos dias, ia apanhar azeitonas de manhã e desmatar parte do terreno para dar espaço a um bonito pomar) e quão desconectado eu ainda estou da Natureza (não sendo cuidadoso e suficientemente consciente com as plantas com que estava a interagir) apesar de me ter conectado mais e disfrutado disso: apercebes-te que tens tantos amigos :). Isto fez com que eu ganhasse uma preciosa nova perspetiva do mundo, apercebendo-me que a Raça Humana se desconectou da Terra e abandonou as áreas rurais para se refugiar nos confortos e comodidades da vida na cidade. Eu sinto que esta desconexão causou muitos dos problemas que vemos hoje.  Por isso, a solução óbvia para mim, agora, é voltar às origens reaprendendo o que negligenciámos (sabedoria espiritual do Oriente e da Natureza) utilizando as coisas positivas que adquirimos nesta “viagem” (ferramentas tecnológicas e conhecimento científico do Ocidente). Nós precisamos urgentemente de mais pessoas que vejam esta visão da possibilidade de um mundo melhor; nós temos tudo o que precisamos! Vamos fazer isto acontecer!

Fazer voluntariado na Ananda Kalyani não é uma aventura fácil, é desafiante, mas muito recompensador! Estou muito feliz por agora fazer parte da equipa e super inspirado para continuar a trabalhar no projeto a partir de Lisboa.

Se sentes dentro de ti a vontade de criar um futuro melhor para a Humanidade e estás disposto a deixar o teu ego de lado, enfrentando novos desafios e crescendo como uma comunidade, este é um lugar em que podes fazê-lo com alegria, sendo parte de algo maior que ti próprio! Mas não te esqueças: para criar esta nova maneira de viver temos de estar dispostos a mudarmo-nos a nós próprios e a largar os nossos hábitos confortáveis, mas não produtivos, aos quais estamos habituados na sociedade normal. A Ananda Kalyani é um lugar onde mudança significativa está a acontecer! Tens que estar centrado e permanecer calmo no interior, mas ser ativo e produtivo no exterior. Desta maneira, desbloqueias o teu grande potencial interior partilhando-o com o mundo!

{English}

My name is Alexandre Seguro and I’m a Portuguese 17-year-old boy finishing high-school in Lisbon. I’ve become more conscious about the world around me in the recent years being concerned about its problems and striving to find and learn effective solutions. In the quest of making sense of my reality I started to question the things I had previously accepted as truth and found out many of them were illusions passed on to me by the society I grew up in. This led me searching more deeply in hopes of finding profound and meaningful answers. At this point I became interested in spirituality, sustainability and social action and have been growing in these aspects since then by changing my life-style.

A month ago, I met Dada Mahaprajinananda (an Ananda Marga monk) at the IV Ecossocialist Encounters in Lisbon and he told me about Ananda Marga and PROUT, giving me flyers of both.

Because I was busy with school, I only started looking into the flyers two weeks after. But when I did … I was amazed! I felt very happy learning about Ananda Marga, its projects and the philosophical and spiritual roots supporting it. Then I saw the Ananda Kalyani Master-Unit project and was very impressed and excited because it was the vision I had of what the world needs and actually what I wanted to do after high-school (building a sustainable self-sufficient community that serves as an example and model to aid the development of Humanity). The amazing thing is: they are actually doing it!

They are not just theorizing about the ideal community with the best way of living sitting at home in the computer watching documentaries, like I was 🙂

Even though it is very important to theorize and dream, it is crucial to put it into action, make mistakes, learn, grow and continue to develop the dream adjusting it to the real world, so that it can become true!!

And this is hard. It takes a lot of effort to pioneer in a project that is trying to create a different (sustainable, equal, connected, peaceful and abundant) way of living. You are paddling against the stream and, in the beginning, you don´t have many people to help… But don’t feel discouraged! The magic is that when you are doing something good for Humanity, that is righteous and rooted in truth you have a lot of strength. And as long as you persist in moving forward with utmost confidence in your capabilities, it is only a question of time until people can see the good you’re doing and decide to join you. You have to lead by example. And when people start joining the project and giving it their strength, it will be at an ever-increasing rate, like the Fibonacci Sequence, and things start manifesting more easily showing the abundance it is possible to create from uniting Humanity with one common goal: TO THRIVE TOGETHER AS ONE!

Gladly the people behind the project are very dedicated and give themselves fully to it in self-less service, understanding the bigger picture and importance of this kind of projects in the world today. For this, I have tremendous respect for the volunteers helping in the project!

I had the fortunate opportunity to join them for a week, during this Xmas vacations, and grow a lot. I knew I was going to be with good people, learning directly about the project and growing spiritually but I wasn´t aware of how fast-paced the routine is, how hard it is to work on the land physically (most days, I went to pick olives in the morning and clear bushy areas in the afternoon to create space for beautiful forest gardens) and how disconnected I still am to Nature (not being gentle and conscious enough with the plants I was interacting with) even though I connected more and enjoyed it: you realize you have so many friends :). This made me gain a precious new perspective of the world, realizing the Human Race disconnected from the Earth and abandoned the rural areas to refuge in the comforts and commodities of the city-life. This disconnection, I feel, has caused many of the problems we see today. So, the obvious solution for me now is to go back to the origins, relearning what we’ve neglected (ancient spiritual wisdom of the East and present in Nature) and using the positive things we’ve gained with this “trip” (technological tools and scientific knowledge of the West). We urgently need more people to see the vision of the possibility of a better world; we have everything we need! Let’s make it happen!

Volunteering at Ananda Kalyani is not an easy adventure, it is challenging but very rewarding! I’m very glad to be part of the team now and super inspired to continue working on the project from Lisbon.

If you feel inside of you the desire to create a better future for Humanity and are willing to let your ego aside, facing new challenges and growing as a community, this is a place where you can do it with joy, being a part of something bigger than yourself! But don´t forget: to create this new way of living we have to be willing to change ourselves and let go of our comfortable but unproductive habits we are used to in normal society. Ananda Kalyani is a place where significant change is happening! You have to be centered and remain calm on the inside but be active and productive on the outside. This way you unleash your great inner potential, sharing it with the world!